GUIMARÃES 2012

A valorização e reconhecimento do património histórico e cultural de guimarães, possibilita à cidade a adopção novas identidades, mais próximas dos seus utilizadores e da forma como estes a vivem.

A marca para Guimarães 2012 utiliza a malha urbana como argumento identitário para um novo espaço urbano que se pretende veículo de regeneração cultural

Proposta apresentada a concurso, no âmbito da selecção da identidade para “Guimarães 2012, Capital Europeia da Cultura”. 2ª fase. Com Emídio Cardeira.

MIGUEL PALMEIRO DESIGNER © 2010

 

 



 

Pensamento

O pensamento, funda-se hoje sobre redes de comunicação de dimensão e abrangência infinita, para um acesso livre e democrático.